Comunicado da reunião de negociação 07 de novembro

Na negociação que ocorreu no dia de hoje na Fiesp a bancada patronal apresentou 2 propostas (veja abaixo):

Proposta 1

⁃ Reajuste de 1,73% (inflação) retroativo a 1° de setembro com teto limitado de R$10.000,00 e para quem ganha acima disto recebe valor fixo de R$173,00 / renovação de todas as cláusulas sociais.

Proposta 2

⁃ Reajuste de 2% (inflação de 1,73% + 0,26% de aumento real) retroativo a 1º de setembro com teto limitado de R$10.000,00 e para quem ganha acima disto recebe valor fixo de R$200,00 / renovação das cláusulas sociais com a exceção de dois itens:

• Mudança no texto da cláusula 27° (com brexa para permitir terceirização)

• Mudança no texto da cláusula 23° (permitindo que a empresa realize reajuste no desconto de transporte, limitado ao valor da metade do que o trabalhador pagaria se usasse transporte público da cidade – isso representaria cerca de 12 vezes o valor do desconto atual (a depender da cidade)).

Estas propostas foram rejeitadas pelo sindicato por retirar direitos importantes dos trabalhadores.

Os negociadores da Fiesp sugeriram realizar uma nova consulta com as empresas amanhã e fazer uma proposta para o sindicato levar a assembleia.

Uma nova reunião de negociação com o sindicato foi agendado para amanhã, dia 8 de novembro as 16h na Fiesp.

#TamoJunto

Lembramos a todos que qualquer comunicado oficial do sindicato estará disponível no aplicativo Rádio Peão.

Anúncios