Sindicato convoca trabalhadores da Embraer para assembleia sobre processo de 1991

O Sindicato convoca os trabalhadores e ex-trabalhadores da Embraer para uma assembleia marcada para o dia 28 (quinta-feira), às 10h e às 17h. Estará em pauta o processo movido em 1991 pelo Sindicato sobre o reajuste salarial devido pela empresa em 1986.

Naquele ano, a Embraer aplicou um reajuste inferior ao índice determinado em Convenção Coletiva assinada entre a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e o Sindicato. A ação contemplava cerca de 12.800 trabalhadores.

O processo já foi julgado em todas as instâncias, com ganho de causa para o Sindicato. Em 1997 a empresa fez proposta de acordo e muitos trabalhadores aceitaram. Entretanto, outros não aceitaram.

Terão direito ao benefício os trabalhadores que estavam na fábrica antes de 1997 e que não fizeram acordo com a Embraer nem desistiram do processo.

Como houve divergência entre os valores e quantidade de trabalhadores apresentados pelo Sindicato e a Embraer, a Justiça nomeou um perito para realizar o cálculo e apresentar o relatório com nomes e cálculos. O relatório foi concluído em junho, mas ainda cabe embargos. A Justiça do Trabalho deverá marcar uma audiência de conciliação.

Todas as dúvidas serão esclarecidas na assembleia do dia 28, que acontecerá na sede do Sindicato (Rua Maurício Diamante, 65, Centro).