Embraer desrespeita regra do INSS

A Embraer está descumprindo a lei, ao afastar pelo INSS trabalhadores que trazem atestado médico por doenças diferentes.

A lei diz que o afastamento só pode acontecer quando o trabalhador apresenta atestado pela mesma doença, num prazo de 60 dias.

A empresa ao fazer isso prejudica o trabalhador, e isso é caracterizado como assédio moral coletivo, pois se trata de uma deliberação do chefe do departamento médico da empresa.

O sindicato já tomou as devidas providências e pedimos que se você já passou por isso, entre em contato com o Departamento Jurídico do Sindicato.

Anúncios