62% dos brasileiros querem novas eleições

Uma pesquisa realizada pelo Ibope e divulgada neste domingo (24) mostra que apenas 8% dos brasileiros consideram que o simples impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e sua substituição pelo vice Michel Temer (PMDB) seria “a melhor forma de superar a crise política”.

Segundo o levantamento, para 62% dos brasileiros o melhor seria “Dilma e Temer saírem do governo e ocorrerem novas eleições”. Na faixa etária de 16 a 24 anos, o percentual atinge 70%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 18 de abril, em 142 municípios de todos os estados do país, e mostra a descrença da população não apenas em Dilma, mas também em seu sucessor, Michel Temer (PMDB).

De acordo com a Constituição, se o Senado mantiver a decisão sobre a abertura do processo de impeachment contra Dilma, a presidente será afastada por até 180 dias.

O passo seguinte é o julgamento, no qual os juízes são os senadores, que se reúnem sob o comando do presidente do Supremo Tribunal Federal.

Até a conclusão do julgamento, o vice ocupa a Presidência da República interinamente. Ele só se torna presidente em caráter definitivo se pelo menos 54 dos 81 senadores (dois terços) considerarem Dilma culpada.

Fora todos eles

fora todosA população sabe que não dá pra confiar em Michel Temer, que vai atacar ainda mais os direitos dos trabalhadores e também está envolvido em corrupção.

Da mesma, confiar o julgamento da presidente ao Senado que, assim como a Câmara, está repleto de corruptos, não será a solução para o problema.

É preciso colocar todos para fora: presidente, vice, deputados e senadores. Vamos às ruas exigir eleições gerais sem a participação de corruptos, sem o financiamento de campanha por empresas e banqueiros e com tempo de rádio e TV igual para todos os candidatos.

Fonte: sindmetalsjc.org.br

Anúncios